Telefone (51) 3029.0100 contato@amodeoebeck.com.br

As pequenas empresas no Brasil deparam-se com um cenário adverso, carga tributária elevada e capital de giro limitado, estimulando-as a buscar jeitos de contornar as dificuldades do ambiente econômico. O serviço de recuperação tributária é a solução para as empresas do simples nacional afinal de 10 empresas 9 acabam pagando impostos de forma errada conforme análise interna.

As empresas do Simples Nacional têm vislumbrado os benefícios da legislação para os produtos sujeitos à substituição tributária e à incidência monofásica para os impostos pagos a maior. A recuperação de impostos exige estudo e planejamento afinal já pagamos mais de 855 bilhões de reais em impostos apenas esse ano conforme dados do impostômetro e não queremos aumentar esse valor pagando imposto de forma errada.

Leandro Markus, sócio da Fiscalizare, menciona a insatisfação dos clientes com a dificuldade para manter o cadastro dos seus produtos atualizado. E destaca, como ponto-chave para o negócio, o êxito que a consultoria obtém no aumento do fluxo de caixa das empresas atendidas, Bares, restaurantes, padarias, farmácias e autopeças são os segmentos mais prováveis para a recuperação de tributos pagos a maior. Cabe lembrar que esse trabalho é feito sem nenhum desembolso de caixa para o empresário uma vez que se baseia em valores recuperados junto ao Fisco, e, em média, somam R$ 28 mil por empresa.

O valor justifica-se dada a dificuldade de se acompanhar uma legislação extensa e abrangente como a brasileira comprometedora do orçamento das empresas, haja visto, sucessivas vezes, os serviços de contabilidade pagarem mais impostos que o necessário com medo da autuação do governo.

A Fiscalizare é uma startup com software desenvolvido especificamente para a recuperação tributária de pequenas empresas de modo administrativo, ou seja, sem o ônus de um processo judicial. O modelo de consultoria escolhido favorece ainda contadores e advogados, pois se é possível adotá-lo em parceria comercial.

Site: www.fiscalizare.com.br

Fonte: Terra