Telefone (51) 3029.0100 contato@amodeoebeck.com.br

Por Paula Lourenço Madeira, advogada da Amodeo & Beck Advogados.

Em tempos de pandemia devido ao novo vírus COVID-19, muitas empresas se viram obrigadas a optar pelo regime de trabalho comumente denominado de home Office, o que traz uma série de discussões devido à necessária proteção de dados.

E aqui cabe referir que, existem hoje projetos de lei em tramitação visando à prorrogação da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados. Contudo, é imperioso que as empresas estejam acostumadas com a transformação trazida não somente pela lei, mas principalmente imposta pelo próprio mercado.

Ademais, para além de aplicação da lei é necessário se pensar em confidencialidade. Isso porque, ao se adotar um regime home Office, o colaborador estará atuando em local externo, sua casa ou local escolhido para trabalhar, com a presença de terceiros, o que acaba por requer maior atenção com os dados da empresa por si utilizados. Os riscos são enormes, principalmente, quando não há um planejamento, o que acabou ocorrendo com muitas empresas que se viram obrigadas a autorizarem o home Office no cenário avassalador do Coronavírus.

Desta forma se mostra essencial que as empresas, antes de adotarem essa modalidade de trabalho, criem políticas internas para garantir a segurança dos dados, como por exemplo, habilitar softwares de monitoramentos dos dispositivos, conexão em redes seguras, adoção de boas práticas como bloquear o computador ao se ausentar de perto dele.

O trabalho home Office, para alguns seguimentos é extremamente possível, porém, para uma equipe comprometida e séria, que irá zelar de todas as formas pela integridade e não adulteração e compartilhamento de dados, especialmente se tratar do que chamamos de dados sensíveis.

Assim, se faz necessário além de uma planejada estruturação, um exaustivo trabalho de comunicação frequente e treinamento, para preparar e conscientizar os colaboradores que desempenham suas atividades à distância.

Muitas empresas têm esse método de trabalho não só para o surto de COVID-19, mas no dia a dia de seus colaboradores. Uma estruturação de cultura e tecnológica deve ser implantada e os profissionais devem ter o perfil para esse tipo de trabalho, mas os seus benefícios são inegáveis e já foram comprovados.

Para maiores esclarecimentos sobre politicas internas para segurança de dados, contate-nos. Estamos sempre capacitados e prontos para alcançar as melhores soluções para nossos clientes.