Telefone (51) 3029.0100 contato@amodeoebeck.com.br

Carlos Amodeo

Ao acompanhar o desenvolvimento de uma empresa, você já deve ter pensado de que maneira seria possível elevar os padrões de qualidade na gestão. Para alavancar esses resultados, existem práticas que auxiliam a considerar os melhores direcionamentos de acordo com os propósitos e valores do negócio. Governança Corporativa e  Compliance, por exemplo, são duas opções muito eficazes que potencializam-se quando aplicadas simultaneamente.

A Governança Corporativa

A Governança Corporativa consiste em um sistema pelo qual as empresas são administradas procurando agregar valor ao negócio e trazer sustentabilidade a longo prazo. É um conjunto de práticas que assegura a adequada definição dos papéis e limites de competência de cada agente envolvido no processo, seja ele um acionista, um conselheiro, um diretor e demais stakeholders (partes interessadas).

Um sistema de Governança Corporativa agrega valor às empresas através da elevação dos padrões de conduta dos agentes envolvidos e mediante a adequada relação entre todos, com respeito aos seus respectivos papéis e limites de competência. Para criar um plano como esse é necessário levar em consideração características específicas do caso, além de ser um constante processo evolutivo e de aprimoramento. Em termos metodológicos, entendemos que a melhor maneira para iniciar esse processo é através de um mapeamento preliminar do sistema de gestão adotado pela empresa. Assim, é possível dimensionar o grau de formalização dos processos e de maturidade das práticas de administração, a fim de modular o processo de implementação de um sistema de Governança Corporativa que seja eficaz à realidade daquele negócio.

Compliance

É um conjunto de processos que assegura o efetivo atendimento e cumprimento pelas empresas das normas e regulamentos externos e internos aplicáveis ao negócio, e assegura que  está cumprindo todas as imposições dos órgãos de regulamentação: desde a esfera trabalhista, fiscal, contábil, financeira, ambiental, jurídica, previdenciária, até a ética.

Para iniciar o processo de implementação de regras e práticas de Compliance, a empresa poderá elaborar um Código de Conduta que contemple os padrões de comportamento exigidos, assim como a forma de tratamento em casos de descumprimento.

Aplicando na prática

Os sistemas, quando utilizados em conjunto, trazem mais segurança para todo o negócio. À medida que a Governança Corporativa contempla a sistemática de administração da empresa e a forma de relacionamento desta com seus diversos stakeholders, as práticas de Compliance garantem que a empresa está cumprindo todos os normativos legais a ela aplicáveis. Dessa forma, é criado um ambiente propício à melhoria da imagem e agregação de valor ao negócio.